segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Tietagens

Imagem do Google


Sou uma pessoa tímida!
Pode não parecer, mas eu juro!
Essa declaração, dada assim de supetão não é para causar impacto, e sim para contar-lhes uma historinha.
Sou aquele tipo de tímida que finge que não é.
Disfarço meu acanhamento tentando parecer “descolada”, e claro que isso só piora as coisas. Dar mancadas é comigo mesmo!
Eu seria - por exemplo - incapaz de pedir um autógrafo a um artista, mesmo que fosse um ídolo meu, por várias razões:
Primeiro porque não sei o que faria com a assinatura do dito. Segundo, eu acho que artistas não gostam muito de dar autógrafos, embora finjam que sim e finalmente porque eu simplesmente não teria coragem.
Teve uma exceção! Sempre tem...
Fui assistir a um show bem bacana de uma cantora que adoro, e ao ser apresentada pra ela no final do evento, pressenti que ela queria me dar um autógrafo.
“Pressentir” não é a palavra exata, mas ela veio em minha direção empunhando uma caneta e antes que ela fizesse uso indevido da dita fui logo tirando uma agenda da bolsa e pedindo um autógrafo.
Mas foi um ato de legítima defesa, juro!
Uma situação bem esquisita, lembrando agora...
Confesso que perdi a agenda com autógrafo e tudo. Mas andei a exibi-la por algum tempo, daí entendi o “espírito da coisa”.
Estou dando voltas para contar a minha história, eu sei, mas é que há algumas semanas atrás, eu ataquei de novo.
Ai que vergonha!
Apesar de tímida, tive a cara de pau de escrever para Rubem Alves.
Oh céus! Eu sei que isso é coisa de gente sem noção, mas eu posso explicar: O cronista, que também é teólogo, filósofo e psicanalista, escreve no portal da escola da minha filha onde consta seu endereço eletrônico.
Considerando que tenho vários livros dele que adoro e que escrevi algumas crônicas que fazem referência a ele, uma coisa levou a outra e eis me aqui confessando essa tietagem mais que inconveniente!
Eu até que fui comedida ao dizer o quanto gostava de seus livros e mencionei as ditas crônicas que escrevi em outro blog, com o intuito oportunista (confesso), de despertar nele uma irresistível curiosidade a ponto dele se interessar em lê-las.
Parva de tudo, eu sei...
Imagine se pessoas renomadas em qualquer arte, vão ter paciência ou tempo para dar atenção e avaliar o talento ou a falta deste, de fãs que nunca viram nem ouviram falar.
Seria diferente talvez, se fossem esses já famosos ou importantes.
Pelo menos eu tentei! Venci o acanhamento e enviei um “e-mail” para ele, a confiada...
Durante alguns dias, eu verificava diariamente se havia resposta ou indícios de que ele teria ao menos recebido o recado, até que “caiu minha ficha” e dei-me por vencida.
Deixei para lá...
Pois não é que em menos de duas semanas após ter mandado o e-mail, recebi um recadinho dele?
Dizia assim, com seu jeitinho mineiro de ser e com letras maiúsculas: “ROSSANA: OBRIGADO! BEIJO. RUBEM”
Provável que ele nem tenha lido as crônicas que escrevi, e se leu, pode nem ter gostado. Aliás, não tenho nem certeza de que foi ele quem respondeu o “e-mail”. Talvez algum Assessor para Assuntos Azucrinantes, mas na qualidade de fã, isso é quase desimportante.
Só precisava partilhar com vocês.
Eu recebi um e-mail do Rubem Alves com quatro palavras, dois pontos, uma exclamação e um ponto final!!!
Isso me deixou tão feliz quanto acertar na mega sena.
Fãs são mesmo sem noção!
Rubem: Obrigada! Beijo Rossana

7 comentários:

✿ chica disse...

Mas bah! Que legal e tem mesmo que ficar feliz!!! beijos,chica

Leonardo B. disse...

E tem tudo para ficar feliz... e mais felizes ficam os que com quem partilha, Rossana!

Espero um dia ter oportunidade de ler Rubem Alves, de quem me têm falado tanto...

Um imenso abraço, amiga minha

Leonardo B.

Anttonioarq disse...

Que feliz coincidência!! Tbm adoro Rubem Alves. Inclusive estou lendo um dos seus livros... Eu, confesso pra vc, que já tive essas coisas de tietagem contida. Qdo andava pelo RJ, ficava imaginando qdo encontrasse com Chico Buarque, por exemplo. Acho que não faria nada, ou pagaria um micão bem grande!! Sei lá, já cruzei com João Bosco num shopping do Rio e tive a mesma sensação, do nada diante do ídolo. Só olhei até sumir da minha vista. Muito bom Rossana. Rubem Alves é showdibola!!!

Adauto disse...

Muito bom!!!

Mais, no mesmo sentido:
http://www.legal.blog.br/20061106/karina-do-nihon

Beijóvskas!

Eraldo Paulino disse...

hhahaha

Muito bom!

Eu adoro esse cara, sobretudo a faceta dele de teólogo.

Eu não sou do tipo tiete também, mas acho que ficaria muito feliz também ao receber uma resposta dessas.

Bjs!

MIRZE disse...

ROSS!

Você é uma pessoa linda!

Beijos

Mirze

Mistérios do Vale disse...

Moça, você não é fraca de pai, hein! Eu também amo crônicas e ele tinha razão: Tudo é assunto.
Vou passar sempre por aqui e quem sabe ainda não teremos crônicas e crônicas de papo.
Paz e bem!
Sônia Gabriel